TUDO PELO REINO ©2017 by 2bCreative
 

O que é o Reino de Deus?
 

O apóstolo Paulo disse que “não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo” (Rom. 14:17). O reino de Deus é, antes de tudo, um modo de Deus governar, é o domínio de Deus, de sua ética e dos seus valores eternos.  E foi assim que Jesus iniciou seu ministério anunciando a chegada do reino de Deus.

 

Quem quiser fazer parte do reino de Deus, deve nascer de novo (João 3.3,5), e isto acontece quando se aceita a Jesus Cristo como salvador. E quem já entrou nesse reino está comprometido com a realização da vontade do rei, que é Deus. Portanto, não tem cabimento um cristão viver em função da realização de sua própria vontade, ou em prol da realização de seus próprios sonhos. Nosso primeiro sonho deve ser a realização da vontade de Deus. Podemos ter outras aspirações e desejos, mas tudo isto fica em segundo plano diante das demandas e prioridades do Reino. Jesus disse: "Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas." (Mt.6.33).

A Igreja e o Reino de Deus
 

A igreja de Cristo Jesus não pode deixar de ser agência do céu na terra. Mas o que é uma agência? É uma instituição que trata de assuntos específicos e prioritários de alguém superior. Ele é uma representante, e no sentido neo-testamentário, embaixadora. Somos os embaixadores deste Reino, por isso os assuntos do Reino são nossas  prioridades.


“Respondeu-lhes ele: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai?” Lucas 2.49


É grande a discussão, no melhor sentido da palavra, sobre se devemos ou não estruturar algumas áreas da igreja ou mesmo profissionalizar algumas funções na área das organizações que prestam serviços ao Reino de Deus. Sem dúvida, somos despertados para o fato de que Jesus nos alertou da necessidade de cuidar dos negócios do Pai.

Ainda que muitos ainda relutem em reconhecer, a igreja está envolvida em negócios, nos negócios do Reino. E para isto, deve utilizar dos recursos disponíveis para cumprir seus propósitos. Precisamos sim atender aos desafios de expandir o Reino de Deus das mais diversas maneiras.

 

Jesus disse que "O reino dos céus é semelhante ao grão de mostarda que um homem semeou em seu campo, o qual é a mais pequena de todas as sementes, mas, crescendo, é a maior das plantas, e faz-se uma árvore, de modo que vêm as aves dos céu e se aninham nos seus ramos." (Mt. 13.31-32). Com dedicação, cuidado e perseverança, o reino de Deus crescerá e será glorioso em sua vida, assim como haverá de ser em toda a terra. Sonhos e visões precisam ser colocados em prática para que a obra continue. Dons e talentos precisam ser reproduzidos para que mais pessoas sejam alcançadas.

 

E assim cuidaremos juntos dos negócios do Pai!